Sobre Preguiça e Banco de Imagens – Resposta para Ronaldo Entler

Ronaldo Entler, do blog Icônica, escreveu recentemente sobre a estética do banco de imagens. Acho que ele misturou um pouco as coisas. O autor começa discutindo as técnicas de seus alunos na produção de ensaios visuais para sua matéria, reclamando do uso de imagens de banco para tal.

Entendo a tristeza. Dá uma sensação de descaso dos alunos. Mas o problema não é esse. Consegui imaginar uma série de trabalhos interessantes só com o uso de banco de imagens, discutindo técnicas de catalogação, estereótipos, etc. O problema é o uso das imagens, logo: os alunos.

Ronaldo comenta sobre banco de imagens como um todo dando exemplos de um determinado tipo de organização. Ele generaliza, transformando a existência de bancos de imagem em vilania pura. Os bancos que ela comenta poderiam ser, por exemplo, Getty e iStock, mas nunca um Sambaphoto.

O problema não é existência dos bancos, mas sim de parte de seus editores e fotógrafos. Se o editor quer um material padrão e o fotógrafo entrega, a culpa é dos dois, e não do banco como comércio. O Samba é um ótimo exemplo de banco de imagens interessante: tem acervos muitos ricos de Cristiano Mascaro, Ed Viggiani e outros, além de parcerias com galerias e jovens fotógrafos. O Samba não generaliza, ele recebe, edita e coloca a disposição, fica a cargo do cliente escolher a sua visão, seja ela um clichê ou não.

Acho que falta entender e analisar o processo como um todo. Quem produz, quem compra, quem recebe. Toni Pires comenta na OLD 1 justamente isso: alguns fotógrafos entregam um material médio e logo comprometem o trabalho de seus editores. Alguns editores pedem conteúdo médio e logo barram fotografias mais interessantes. Outros leitores e clientes esperam um conteúdo médio e logo comprometem todo o trabalho visual do banco, jornal, revista, site, etc.

O problema não está nos bancos, está na grossa faixa de mediocridade que atinge todas as atividades desempenhadas no mercado, não só a fotografia. A instituição banco de imagens não tem nada que ver com isso. Cabe a todos que não querem ser medíocres se organizar e produzir conteúdo e meios comerciais para se diferenciar, crescer e prosperar, tornando o mundo menos médio, menos aluno preguiçoso.

Anúncios

Sobre oldmanphotos

Blog para discussão de grandes fotógrafos e apresentação de novos grandes fotógrafos. Blog for discussing great photographers and presenting new great photographers. Dúvidas, pedidos e desejos de colaboração: contato.oldmanphotos@gmail.com Doubts, requests and wishes of contribution: contato.oldmanphotos@gmail.com

Um Comentário

  1. Obrigado pela oportunidade do debate. Mas, ao que parece, não discordamos.

    Creio ter deixado claro que me refiro aos “grandes bancos” que pretendem formar um mercado global por meio de uma atitude específica: traduzir de modo generalista e estereotipado representações sociais ou pensamentos baseados em palavras-chave. Por questões legais, não pude ilustrar, mas coloquei um link com exemplos bem patéticos. É apenas a esse tipo de imagem que me refiro.

    Há algum tempo não acompanho o Sambaphoto mas, sem dúvida, lá estão bons fotógrafos, bons ensaios e imagens que não tem nada a ver com isso.

    Vale a pena retornar ao último parágrafo do meu post:

    “Este não é um discurso contra a forma de comercialização estabelecida pelos bancos de imagem, mas contra a pretensão de construir um mercado global por meio de uma linguagem visual média. A arma contra isso é justamente o pequeno banco de imagem, as cooperativas, os coletivos, os artistas independentes com seus fotologs, experiências que garantem a diversidade e o estranhamento necessários ao exercício efetivo do olhar.”

    Abraços e parabéns pelo espaço de discussão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: